Saúde emocional, porque é deixada de lado?

Atualizado: 18 de abr.



Quando perguntamos porque a saúde emocional é deixada de lado, significaria o mesmo que perguntar por que as pessoas não procuram um psicólogo? Seria porque os psicólogos estão associados a tratar de pessoas loucas...? E somente isso?!


A resposta à resistência das pessoas a procurarem uma psicoterapia está associada a fatores culturais e também por culpa dos próprios psicólogos, pois muitos não explicam adequadamente qual é o seu trabalho e papel.


Com o avanço das ciências, da educação e com um melhor entendimento sobre várias doenças, as pessoas começaram a cuidar da saúde, aumentando a expectativa de vida e ao mesmo tempo buscar também uma melhor qualidade dessa vida.

Afinal, o que é qualidade de vida? Pergunta fácil, você vai me dizer que é vida saudável, boa alimentação, prática de exercícios físicos, e etc...Mas para que viver tanto e com tanta qualidade assim, se não há um sentido de vida? Agora sim eu te faço uma pergunta difícil, qual seu propósito de vida?

Você já visitou seu dentista este ano? E seu médico? Já fez o seu check up? É muito comum ouvir isso por aí, mas será que alguém pergunta: já foi ao psicólogo esse ano? Acredito que não.


Hoje, existem diversas campanhas de divulgação de prevenção de saúde como o novembro azul, por exemplo. Além disso, já se fala bastante sobre o wellness (indústria de bem estar), um termo utilizado para mostrar à sociedade os benefícios da atividade física. O wellness atua na qualidade de vida, que pode ser através de massagens relaxantes para aliviar o stress, meditações, acupuntura ou procedimentos estéticos.


E a saúde emocional? Porque ainda não foi contemplada pelos profissionais do mundo wellness, já que todos buscam a qualidade de vida? A maioria das pessoas, só procura um terapeuta quando a situação já saiu do controle, e aí o reestabelecimento do equilíbrio psicoemocional pode demorar mais tempo. A principal barreira para que os psicólogos ganhem mercado é exatamente a maneira como a psicologia é vista pela população (fator cultural).


Voltemos ao raciocínio: As pessoas precisam ser educadas sobre os benefícios da terapia. Assim como o sujeito cuida do corpo para não adoecer, deveria cuidar do comportamento e das emoções pelo mesmo motivo (prevenção de saúde). Claro que devemos tratar os aflitos emocionalmente, mas a melhor forma de fazer isto é evitando que cheguem a este estado.


Outro fator cultural é que a maioria das pessoas tem VERGONHA de falar que faz terapia. Porque é um sinal de fraqueza, de falha, de vulnerabilidade, mas pior que a vergonha, são as consequências que a pessoa pode ter. As situações em que os psicólogos são mais procurados, podem ser divididas em três tipos:


1) Encaminhamentos por psiquiatras, quando já houve uma ruptura com a realidade ou já estão em tratamentos medicamentosos.

2) Pessoas que esperam a situação piorar, tipo esperam acontecer uma crise, um divórcio, um desemprego, uma depressão, etc..

3) Pessoas que buscam o autoconhecimento. Esse terceiro grupo é bem pouco comum aparecer, mas o fato é que todos os tipos precisam e trabalharão o autoconhecimento.


Em síntese, dois fatores contribuem e muito para as pessoas não procurarem um psicólogo. Um dos fatores é de contexto cultural, no qual a mentalidade das pessoas ainda, associa psicologia à loucura, e o outro fator, é por culpa também dos psicólogos, por não explicitarem do que se trata o seu trabalho e os benefícios desse trabalho.


Um dos grandes benefícios da terapia é a contribuição para o cliente enxergar novas formas de agir na vida e auxiliar na mudança de atitudes de forma sistemática e orientada.


Luciana Marolla Garcia

Psicóloga CRP: 06/70229

Contato: (14) 99679-5510

Instagram:@psicolucianamarolla

Link do perfil: Luciana-Marolla-Garcia


#terapia #psicologia #psicoterapia #autoconhecimento #saudemental #autoestima #terapiaonline #ansiedade #vida #saude #amorproprio #psicologiaclinica #psicologa #psicanalise #depressão #bemestar #terapeuta #psicologo #depressao #psi #terappia #terappiaonline

34 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo