Vamos mudar juntos?


O costume e a zona de conforto transmitem tranquilidade. É algo físico e comprovado pela medicina. Toda vez que uma pessoa faz algo que sempre fez, dois neurônios ou mais se conectam. Toda vez que eu repetir e fizer de novo aquela prática, meu cérebro notará que ele consome menos energia. A natureza humana busca repetição.

Qual o problema disso? A regra de tudo é transformação. Não existe estabilidade. Mas, mais uma vez, a explicação biológica entra em cena. Toda vez que uma pessoa faz algo da mesma forma, terá o mesmo resultado. É uma situação confortável, afinal. Mudar é difícil, não mudar é fatal.

Isso porque, o que deu certo hoje, certamente não terá sucesso amanhã. É preciso ir além. Ainda, que o fato de as coisas não darem certo hoje, significa que elas precisam ser planejadas de novo.

O que transforma o mundo é a ação. A gestão da mudança é algo permanente. Mas é preciso deixar de lado a fantasia de acreditar que a simples ação resolve tudo.

Mudar, é preciso coragem. Mas, como é sabido, o medo toma conta. Entre o mau conhecido e o bem provável, o cérebro humano manda ficar com o mau conhecido.

#terapia#autoconhecimento#mudanca#autocuidado

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo